fbpx

Palheiros da Costa Nova

Os palheiros da Costa Nova são famosas e castiças casas de riscas existentes na praia com o mesmo nome, originalmente em tons de vermelho ocre e preto, utilizados como antigos armazéns de alfaias da pesca.

Até inícios do século XIX a Costa Nova era um extenso areal desabitado mas, após a fixação da Barra do Porto de Aveiro, os pescadores das campanhas piscatórias de Ílhavo mudaram-se para a Costa Nova e começaram a construir “palheiros” para guardarem as redes e outros materiais associados à pesca.

Estes eram inicialmente amplos e sem quaisquer divisões interiores e, mais tarde, divididos com tabiques de madeira que eram “decorados” com conchas de ostras. Simultaneamente, as famílias dos seus sócios, escrivães e “arrais” de outras companhias foram sendo atraídas para a zona nos meses de verão e outono, transformando-os nos atuais “palheiros”, com riscas coloridas, bem à “moda burguesa de ir a banhos” da segunda metade desse século, para que pudessem servir como habitação na estação balnear.

Um Passeio Colorido

Hoje em dia, a marginal da Costa Nova é o lugar perfeito para um agradável passeio. A vista com a ria refrescante de um lado e as fachadas coloridas do outro torna este um lugar irrepetível na paisagem portuguesa.

    

    

Deixe-se encantar pelas riscas verdes, azuis, encarnadas e amarelas das fachadas e faça parte do ambiente familiar que aqui se vive entre os vizinhos cujas famílias se conhecem há gerações.

Comprar

Etiquetas , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *